XpertCom – Views of Coastal Experts about Science Communication

Given the scientific and societal relevance of coastal dynamics in which both natural and social perspectives can fit, how does communication between both spheres take place or how should it be done? What is the viewpoint of experts on coastal communication to lay audiences? The main purpose of this project is to explore the perceptions and attitudes of scientists towards science communication about coastal issues

The research project XpertCom – Views of Coastal Experts about Science Communication has the following objectives:

1) characterise the science communication done by coastal experts (frequency, motivation, topics),

2) map their main communication channels and target audiences, and

3) identify communication barriers.

 

To undertake this study, an online survey is being conducted. Participants voluntarily fill out the survey after accepting an informed consent form, and their confidentiality and anonymity are assured.

The survey is available here: https://ec.europa.eu/eusurvey/runner/CoastalCommunicationSurvey2022

 

 

This project is being developed by Ana Matias (Centre for Marine and Environmental Research (CIMA), University of Algarve), Bruno Pinto (Marine and Environmental Sciences Centre (MARE), University of Lisbon), A. Rita Carrasco (Centre for Marine and Environmental Research (CIMA), University of Algarve), and Neide Areia (Centre for Social Studies (CES) of the University of Coimbra).

 

Coordenadora da equipa: Ana Matias (ammatias@ualg.pt), Investigadora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA) da Universidade do Algarve.

Projeto Curiosidade e Diversidade Sénior | CIDADÃO+

O projeto Curiosidade & Diversidade Sénior | CIDADÃO+ alia as vertentes de ciência, cultura e comunicação para a promoção da inclusão social e literacia (incluindo literacia científica, digital, artística, saúde), com base numa aprendizagem experiencial e participação ativa. A edição piloto deste projeto destina-se a dois grupos da população sénior do concelho de Tavira: o grupo rural e o grupo urbano.

O desenvolvimento do presente projeto piloto, que integra um conjunto de atividades e experiências em diferentes áreas, permitirá contribuir para o envelhecimento saudável e ativo, assim como para a promoção da socialização e confiança. Durante o projeto serão desenvolvidas e avaliadas atividades que pretendem ter impacte efetivo ao nível da aquisição de capacidades de adaptação a novas situações/contextos e ao nível da participação na sociedade por parte dos idosos.

 

 

 

O projeto conta com equipas de várias instituições:

 

Coordenadora da equipa: Ana Matias (ammatias@ualg.pt), Investigadora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA) da Universidade do Algarve.

European Journalists and the Sea

The main objective of this project is to improve our understanding of science and environmental journalism concerning the marine environment in twelve European countries. Data is obtained by semi-structured interviews on journalists’ motivations, difficulties, experiences, sources, and insights in writing about the sea and the coast. Each country is analysed and compared to other countries in Europe, trying to find what is common and what is different.

 

Results from this project are published here: Article in Public Understanding of Science

 

Project coordination: Bruno Pinto (bmpinto@fc.ul.pt), from Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-FCUL), Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Team: Bruno Pinto Centro (MARE-Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa); Ana Matias (CIMA – Universidade do Algarve).

Dar corpo às memórias

O projeto “Dar Corpo às Memórias” teve como objetivo principal a exploração de técnicas inovadoras de envolvimento com a ciência. Desenrolou-se de forma colaborativa entre os parceiros científicos (IGC – Instituto Gulbenkian de Ciência, iNOVA Media Lab), artísticos (museu da FCG – Fundação Calouste Gulbenkian) e administrativos (Câmara Municipal de Oeiras). O público-alvo, uma comunidade sénior de mulheres maioritariamente iletradas e migrantes de África, foi envolvido no projeto desde as fases iniciais, começando na própria escolha do tema – Memória. A fase de implementação do projeto consistiu num conjunto de oito sessões, ao longo de mais de dois meses, durante as quais foram abordados vários temas ligados à memória e ao cérebro. As atividades tiveram natureza diversa desde a apresentação de informação científica, narrativa de histórias da neurociência ou casos de estudo interessantes, partilha de memórias das participantes, até atividades mais interativas de estímulo ao movimento, à abstração e autoexpressão. Além das sessões que decorreram no centro de apoio a migrantes, foram também efetuadas duas visitas (ao museu da FCG e aos laboratórios do IGC) e uma apresentação pública do projeto. O projeto foi qualitativamente avaliado para identificar mudanças de consciencialização, conhecimento, envolvimento, atitude e inclusão social, com recurso à análise das notas de campo, registo de assiduidade, grupos de foco, avaliação qualitativa feita pela comunidade, narrativa do projeto feita pela comunidade e conteúdo da apresentação pública.

 

A descrição e análise desta atividade está publicada em Matias et al. (2021). Journal of Science Communication 20(02).